Inteligência Artificial e big data: entenda como a relação dessas tecnologias pode ser benéfica para você

O setor de TI está moldando as formas pelas quais geramos valor para os negócios. Em tempos de transformação digital, o uso da tecnologia se tornou fundamental para quem quer inovar e crescer no mercado em que atua. 

Um bom exemplo disso é o papel de protagonismo de duas tecnologias específicas: Inteligência Artificial e Big Data. Estamos falando de tecnologias capazes de mudar o próprio modelo de negócios, trazendo diversos benefícios para empresas dos mais variados setores.

Ainda assim, é natural ter algumas dúvidas sobre como elas funcionam e por que são tão importantes no mercado atual. Pensando nisso, criamos este conteúdo especial com tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

Conheça mais sobre a Inteligência Artificial e Big Data

O termo Inteligência Artificial (IA) costuma ser usado para se referir a duas coisas relacionadas, porém diferentes. A primeira é a área de estudos da ciência que busca entender melhor nossas capacidades cognitivas com a finalidade de reproduzi-las em um sistema computadorizado. A outra é o uso da tecnologia em si.

Resumidamente, o que a IA faz é executar tarefas emulando a mente humana — porém, em alguns aspectos a tecnologia é muito mais rápida e eficiente que o nosso cérebro. Um bom exemplo disso é o cruzamento de dados para encontrar padrões e gerar insights, o que nos leva ao segundo conceito.

Big Data, como o nome sugere, é um grande conjunto de dados, que podem ser captados e armazenados das mais variadas formas e a partir de diferentes fontes. O ponto central da tecnologia é como eles serão usados.

A chamada mineração de dados se refere aos processos de organizar, categorizar, analisar e interpretar esse material. De forma ampla, podemos dizer que o uso do Big Data permite transformar dados brutos em informações inteligíveis, úteis e relevantes.

Mas, afinal, como isso funciona na prática?

Entenda os 5 V’s do Big Data

Para tirar proveito dos dados que coleta, uma empresa deve garantir que eles atendam a alguns critérios. Veja quais são eles.

Volume

A principal característica do Big Data é o grande volume de dados. A quantidade de informações que circulam na internet, nos dispositivos móveis e nas mais variadas plataformas é gigantesca. Por isso, um bom sistema de Big Data deve ser capaz de captar, armazenar e processar grandes volumes desse material.

Variedade

Outro ponto importante é trabalhar com diferentes tipos de dados. O objetivo é integrar informações coletadas em diferentes fontes para enriquecer as análises.

Velocidade

O mercado atual é muito dinâmico — e isso exige respostas rápidas das empresas. O Big Data precisa ser usado com rapidez para que as decisões sejam tomadas praticamente em tempo real, pois o cenário pode mudar no próximo instante.

Veracidade

Não basta realizar análises complexas se os dados não são confiáveis. Por isso, um bom sistema de Big Data deve assegurar que a empresa conta com dados úteis e de procedência conhecida.

Valor

O oposto também deve ser observado. Afinal, de nada adianta ter uma nuvem enorme cheia de dados se eles não forem úteis para os objetivos da empresa. Em outras palavras, a solução deve agregar valor aos negócios.

Veja o poder da Inteligência Artificial e Big Data voltados aos negócios

O que as empresas aprenderam nas últimas décadas é que não há mais espaço para decisões baseadas em achismos ou apenas no feeling do gestor. Por mais experiente e capacitado que um profissional seja, é preciso ter mais previsibilidade sobre os resultados de cada ação tomada.

Isso significa agir de maneira estratégica — e, para isso, nada melhor do que uma combinação entre Inteligência Artificial e Big Data. O papel da IA é justamente cruzar dados, identificar relações e gerar insights em um nível que seria praticamente impossível para o cérebro humano.

O mais interessante é que elas atuam integradas a outras tecnologias. Um bom exemplo disso é a Internet das Coisas (IoT), que permite que dispositivos e máquinas troquem dados e se comuniquem por redes sem fio (wireless).

Na indústria, equipamentos IoT captam dados em tempo real na linha de produção. Um eixo de uma esteira, por exemplo, envia para um software de Big Data suas informações de velocidade, temperatura, vibração, umidade etc.

A Inteligência Artificial pode analisar esses indicadores e enviar uma notificação para a manutenção informando se uma anomalia ocorreu. Assim, a equipe entra em cena antes mesmo da falha ocorrer, evitando a interrupção da produção e reduzindo custos.

A mesma lógica pode ser aplicada aos mais variados setores do mercado. O marketing, por exemplo, conhece cada vez melhor seus clientes a partir da coleta de dados nas redes sociais, no site da empresa e até mesmo em aplicativos desenvolvidos para engajamento do consumidor. Os impactos são tantos que os benefícios passam a depender cada vez mais da criatividade da empresa no uso dessas tecnologias.

Confira os diferenciais que essas tecnologias geram para o seu negócio

O primeiro destaque é a possibilidade de inovar cada vez mais. Com soluções tecnológicas como a Inteligência Artificial e o Big Data, todos os departamentos passam a contar com informações estratégicas para serem mais eficientes no seu dia a dia. Assim, os próximos passos já podem ser planejados.

Que tal implementar a IoT, um sistema de Business Intelligence (BI) ou robôs virtuais para conversar com o consumidor? Essa é a oportunidade para impulsionar a transformação digital na sua empresa.

Melhor compreensão do seu público-alvo

Com os dados coletados pela internet, é possível traçar um perfil mais detalhado dos seus clientes. Isso ajuda a desenvolver estratégias personalizadas no marketing, melhorar o atendimento e até mesmo criar campanhas para conquistar novos clientes.

Otimização de preços

Seus produtos e serviços podem ser precificados com mais eficiência, pois a tecnologia ajuda a entender como isso impacta as vendas. Se um determinado nicho de consumidores é mais propenso a comprar por meio de uma promoção pontual, você pode criar ofertas personalizadas para investir na fidelização.

São diferenciais que vão muito além. Cada nicho do mercado tem suas particularidades — e uma das principais vantagens dessas tecnologias é que elas podem ser usadas de maneiras muito diversas para atender às demandas de cada empresa.

Agora que você já sabe como funciona a Inteligência Artificial e o Big Data, coloque essas soluções para trabalhar a seu favor. Assim, sua empresa constrói um diferencial valioso para expandir sua atuação em um mercado cada vez mais digitalizado!

E se deseja saber como a DBACorp pode ajudá-lo com as melhores soluções de IA e Big Data, entre em contato conosco.

67 / 70